George Clooney: “Houve um genocídio contra os arménios em 1915, não há nenhuma discussão sobre isso”

Em uma entrevista dada à Rádio Pública do Sul da Califórnia, o ator americano de renome mundial George Clooney disse que não há dúvida de que houve um genocídio contra o povo arménio em 1915, e condenou a negação da Turquía sobre isso.

“Houve um genocídio na Arménio em 1915, não há nenhuma discussão sobre isso. A Turquia não quer falar mais sobre isso. E, como os Estados Unidos têm bases militares na Turquia, de repente políticos que anteriormente poderiam dizer: ‘Sim, houve um genocídio “, agora não podem falar sobre isso”, disse Clooney.

“Eu tive conversas com senadores (dos EUA), nas que lhes perguntava:” Podemos falar sobre o Genocídio Armênio? “E eles respondíam:” Claro que não, porque a Turquia é nosso parceiro na guerra contra o terrorismo “, disse o ator.

George Clooney, cuja esposa, a advogada Amal Ramzi Clooney, representou a República da Arménia no caso Perinçek v Suíça perante o Tribunal Europeu de Direitos Humanos, vai participar de uma cerimônia na Armênia em 24 de abril de 2016, data em que vai comemorar o 101o aniversário do Genocídio Armênio.

Compartir