Criticas a Azerbaijão por Direitos Humanos escurecem os Jogos Europeus em Baku

A organização Human Rights Watch, que defende o respeito dos direitos humanos em todo o mundo, exigiu a Azerbaijão a liberação antes dos Jogos Europeus 2015 a ser realizados em junho em Baku, de todos os ativistas e jornalistas detidos ilegitimamente naquele país.

“Como o primeiro país a sediar este evento esportivo, Azerbaijão internacionalmente deve projetar uma imagem progressista e moderna. Se os Jogos europeus estão a demonstrar que o esporte pode deixar um legado positivo, então todo jornalista e ativista preso sob a acusação política deve ser liberado antes da cerimônia de abertura “, disse Jane Buchanan, da Human Rights Watch, como afirma a agencia Armenpress.

Ela acrescentou que a organização insta os líderes europeus que alertem Baku que não irao enviar delegações de alto nível para a cerimônia de abertura, a menos que são liberados estes detidos e cese a pressão sobre os dissidentes do regime político.

Compartir